Vibración y energía
 
 
 
 
 


     Muitos destes símbolos são utilizados para a prática ritualísticas de bruxos e bruxas, servindo para focalizar a energia mágica bem como os instrumentos.


Ankh

Lua Crescente

Triangulo Duplo

Acácia (s.M)

Lua

Triangulo

Avental (s.M)

Lua Estrela 

Tridente

Atame Bolga (s.C)

Malhete (s.M)

TAO ou YinYang

Chalice Well (s.C)

Olho de Horus

Triskle (s.C)

Cruz de Caravaca

OM

 

Circulo

Pentalfa

 

Cruz Ansata (ver Ankh)

Pentagrama

 

Colunas (s.M)

Pavimento em Mosaico (s.M)

 

Cruz Celta (s.C)

Pedra bruta (s.M)

 

Compasso (s.M)

Reta

 

Delta (s.M)

Selo de Salomão

 

Estrela de Davi

Sol

 

Esquadro (s.M)

Suástica

 

Hexagrama

Templo (s.M)

 




          Ankh  
ou "Cruz com laço", "Cruz egípcia"...
     Antigo símbolo egípcio que representa a vida, o conhecimento cósmico e o intercurso sexual. Também é conhecido por bruxos como a "Cruz Ansata", utilizado em rituais de encantamento, fertilidade e divinação.
     Todo faraó ao morrer levava a cruz junto às narinas para adquirir imortalidade. 
     Ele era encontrado sempre nos hieróglifos, sendo segurado pelas divindades egípcias como se fosse uma chave, o que nos remete ao seu significado como "a chave dos portões que separam a vida e a morte", já que estes desenhos eram muito comuns em pirâmides mortuárias dos faraós. O Ankh simboliza a vida, o conhecimento cósmico, o intercurso sexual e o renascimento. 

          Circulo
     O movimento cíclico do Universo e das energias. Representa toda forma de força cíclica, seja corpórea ou universal ininterrupta.


          Olho de Hórus
     É um outro antigo símbolo egípcio. Representa o olho divino do deus Hórus, as energias solar e lunar, e freqüentemente é usado para simbolizar a proteção espiritual e também o poder clarividente do Terceiro Olho.



          Pentagrama
     é um dos símbolos pagãos mais poderosos e mais populares entre os Bruxos e Magos Cerimoniais. O pentagrama (uma estrela de cinco pontas circunscrita num círculo) representa os quatro antigos e místicos elementos: fogo, água, ar e terra, superados pelo espírito. Na Wicca o símbolo do pentagrama é geralmente desenhado com a ponta para cima a fim de simbolizar as aspirações espirituais humanas. Um pentagrama voltado com duas pontas para cima é um símbolo do Deus Cornífero.

      Reta
    O caminho por onde trilhamos nossa existência mística, a vida terreva. 

          *Triangulo Duplo
    Representa a união das forças da Terra com as celestiais. O famoso Selo de Salomão foi inspirado nesse símbolo.


          Selo de Salomão
     é um antigo e poderoso símbolo mágico. Este símbolo consiste em um hexagrama de dois triângulos entrelaçados (um voltado para cima e outro para baixo). O selo de Salomão simboliza a alma humana, sendo utilizado por bruxos e magos cerimoniais para encantamentos, conjuração de espíritos, sabedoria, purificação e reforço dos poderes psíquicos. 

           * Hexagrama
     De dois triângulos entrelaçados simboliza a alma humana, sendo utilizado por magos cerimoniais para encantamentos, conjurações de espíritos, sabedoria, purificação e reforço dos poderes psíquicos.

     Simboliza os processos de involução e evolução. Com efeito; o triângulo que aponta para baixo, apresenta a involução da energia divina que desce às formas mais boçais, ao passo que o triângulo voltado para cima indica a ascensão dos seres quer entendem a se divinizar cada vez mais.

     É símbolo usado como amuleto para dar sorte; representa o casamento perfeito entre masculino e feminino, compreensão entre sexos. saiba mais...

          Lua Estrela
     Simboliza na Nova Era a capacidade do homem em transportar-se através do cosmos; fala de astrologia; de uma nova dimensão cósmica que o homem deve buscar; da interação entre o homem e o Universo. Utilizado também por feiticeiros, há vários e vários anos.
     Este símbolo é utilizado na bandeira de alguns países de maioria islamica, como a Turquia e a Tunísia. Dessa forma, esse símbolo representa o Islamismo.

          OM
     símbolo universal da Yoga, e quando pronunciado se torna o mais poderoso dos mantras. O "Om" é considerado a origem e o fim de todos os verbos. Nele o universo se cria, se conserva e se dissolve. É o som-semente que desenvolve o centro de força da "Terceira Visão", responsável pela intuição, meditação e pelos fenômenos da telepatia e clarividência. O "Om" é considerado o som mais próximo da palavra divina, e a origem de todas as demais.
     OM é a vibração divina para a criação do Universo, quando vibrado como Aum representa a família trina indiana: Brahma, Vishnu e Shiva. É considerado o mais importante símbolo da atualidade.

          *Estrela de Davi
     A Estrela de Davi representa a igreja de Cristo. A diferença entre o "Hexagrama" e a "Estrela de Davi" é que na Estrela de Davi os triângulos são sobrepostos (um passa em cima - dentro - do outro formando uma só figura), enquanto no hexagrama os triângulos são entrelaçados (dois triângulos diferentes que quando entrelaçados - um independente do outro - formam o hexagrama)


          Suástica
     É um antigo símbolo religioso formado pela cruz grega com braços em ângulos retos. Antes de ter sido adotada pelo nazismo, a suástica era um símbolo sagrado de boa sorte e de saúde na Europa pré-cristã e em muitas outras culturas pagãs em todo mundo, incluindo as orientais, egípcias e tribais das Américas. A palavra suástica origina-se do sânscrito (svastika) que significa "um sinal de boa sorte". Existem milhares de símbolos da suástica pelo mundo e o mais antigo de todos data do ano 12.000 a.C. 

          O Sol
     Considerado pelo povo egípcio como o primeiro Deus, talvez tenha sido a primeira manifestação monoteísta do mundo, o deus Rá.

          O Tao ou Yin Yang
     A representatividade chinesa do macro e microcosmos e das duas energias que regem das duas energias que regem o mundo, yin e yang; o feminino e o masculino; o bem e o mal; a ordem e o caos; - energias opostas que se complementam. A força intrínseca do Universo convertendo-se ora em uma, ora em outra.

          Triângulo
     Símbolo com várias interpretações, aliás conciliáveis: luz, trevas e tempo; passado, presente e futuro; sabedoria, força e beleza; nascimento, vida e morte; liberdade, igualdade e fraternidade.
     é um símbolo de manifestação finita na magia ocidental, sendo usado em rituais para invocar os espíritos quando o selo ou sinal da entidade a ser invocada está no centro do triângulo. O triângulo é equivalente ao número três - número mágico poderoso - e é um símbolo sagrado da Deusa Tripa: Virgem, Mãe e Anciã. Invertido simboliza o princípio masculino. 
     Tem cabalisticamente duas formas de interpretação, define o temário, numero três: causa, ação e reação. É também a força do etéreo quando o vértice está para cima.


          Lua Crescente
     é um símbolo sagrado da Deusa e também um símbolo da magia, da energia feminina, da fertilidade, do crescimento abundante e dos poderes secretos da Natureza. é utilizado nas invocações à Deusa e a todas as deidades lunares (tanto masculinas quanto femininas), na magia da lua, nas celebrações dos Sabbats e nos rituais de cura das mulheres. 


          Tridente
     é um símbolo sagrado de três falos, ostentado por qualquer deidade masculina cuja função é unir-se sexualmente à Deusa Tripla. é utilizado principalmente em Grandes Rituais, Magia Sexual e rituais de fertilidade. 


          Pentalfa
     é um desenho mágico formado pela interseção de cinco letras A. é usado por vários bruxos e Magos Cerimoniais tanto na divinação como na conjuração de espíritos. 
Círculo Imagem altamente potente que não possui princípio e nem fim, é usado por muitos bruxos e neopagãos como símbolo sagrado de "ioni", da energia mágica, da proteção, do infinito, da perfeição e da renovação constante.
 

          Acácia (Símbolo Maçônico)
     Acácia mimosa, a planta símbolo por excelência da Maçonaria; representa a segurança, a clareza, e também a inocência ou pureza.


          Avental (Símbolo Maçônico)
     Símbolo do trabalho maçônico; branco, e de pele, para os Aprendizes e Companheiros; branco orlado de vermelho, para os Mestres.

 

          Colunas (Símbolo Maçônico)
     Símbolos dos limites do mundo criado, da vida e da morte, do elemento masculino e do elemento feminino, do ativo e do passivo.

 

          Compasso (Símbolo Maçônico)
     Símbolo do espírito, do pensamento nas diversas formas de raciocínio, e também do relativo (círculo) dependente do ponto inicial (absoluto). Os círculos traçados com o compasso representam as Lojas Maçônicas.

 

          Delta (Símbolo Maçônico)
     Triângulo luminoso, símbolo da força expandindo-se; distingue o Rito Escocês.

 

          Esquadro (Símbolo Maçônico)
     Resulta da união da linha vertical com a linha horizontal, é o símbolo da retidão e também da ação do Homem sobre a matéria e da ação do Homem sobre si mesmo.

 

          Malhete (Símbolo Maçônico)
     Pequeno martelo, emblema da vontade ativa, do trabalho e da força material; instrumento de direção, poder e autoridade.

 

          Pavimento em mosaico (Símbolo Maçônico)
     Chão em xadrez de quadrados pretos e brancos, com que devem ser revestidos os templos; símbolo da diversidade do globo e das raças, unidas pela Maçonaria; símbolo também da oposição dos contrários, bem e mal, espírito e corpo, luz e trevas.

 

          Pedra Bruta (Símbolo Maçônico)
     Símbolo das imperfeições do espírito que o maçom deve procurar corrigir; e também, da liberdade total do Aprendiz e do maçom em geral.

 

          Templo
     Símbolo da construção maçônica por excelência, da paz profunda para que tendem todos os maçons.

          Cruz de Caravaca
     A Cruz de Caravaca é um crucifixo de com dois braços no qual a figura de Jesus é ladeada por dois anjos, ajoelhados como em postura de oração. 
     A cruz apareceu miraculosamente na cidade de Caravaca na Espanha durante o século XIV,e diz-se que possui um fragmento da cruz original em que Jesus Cristo foi 
crucificado. 
     Ocultistas fazem uma ligação entre esta cruz e os Cavaleiros Templários na 
época em que ocuparam fortalezas militares durante guerras para a expulsão dos 
mouros da Espanha.
     Esta mesma cruz, nos dias de hoje, é também encontrada entre os 
afro-americanos onde é considerada um talismã da sorte e chamada de wishing 
cross. 
     Já foi citada como cruz de São Cipriano, por haver relatos de que ele a 
utilizava em seus rituais. 
     No Rio Grande do Sul, existe a cruz Missioneira ou cruz de São Miguel que 
é uma replica a cruz de caravaca da Espanha, A diversidade de nomes que se tem 
dado a essa cruz importa em especial estudo e um tanto de incertezas

 

          Cruz Celta
     Associada à coragem e ao heroísmo, a cruz celta ajuda a superar obstáculos e a conquistar vitórias graças aos próprios esforços. Atrai reconhecimento, fama e riqueza, mas essas bênçãos só são garantidas para quem trabalha com afinco e dedicação. Por isso, a cruz celta também concede força de vontade e disposição. A divindade
 

          Atame Bolga (Símbolo celta)
     O atame bolga era o instrumento que os celtas utilizavam para arar o solo. Por facilitar a obtenção de alimentos, era considerado sagrado. usado como talismã, atrai fecundidade, criatividade e poder de realização. Ajuda, também, a conquistar uma saúde perfeita e estabilidade financeira. A divindade relacionada a esse talismã é a própria Terra, que os celtas reverenciavam como sendo uma espécie de mãe divina, sempre disposta a prover seus filhos de tudo aquilo que eles precisam.

 

          Triskle Celta (Símbolo celta)
     Associado aos quatro elementos básicos da natureza – a terra, o fogo, o ar e a água - , o triskle celta é o símbolo que sintetiza toda a sabedoria desse povo. Ele representa as três faces da mulher, considerada a expressão máxima da natureza: a anciã, a mãe e a virgem. usado como talismã, esse objeto atrai as três principais qualidades femininas – ou seja, a intuição, a ternura e a beleza – e ajuda a obter proteção contra todos os males. A divindade relacionada a esse talismã é a própria natureza, cultuada pelos celtas.


         Chalice Well  (Símbolo celta)
     Associado aos poderes mágicos, o chalise well representa o poço do Glastonbury, no fundo do qual estaria escondido o Santo Graal – o cálice usado por Cristo na última ceia. É um objeto da tradição celta mais recente, pois remonta o início da Era Cristã e ao período medieval. usado como talismã, atrai proteção e facilita a comunicação com os seres elementais – fadas, gnomos, ondinas, silfos, salamandras e duendes. Não há uma divindade associada a esse talismã, porque ele se identifica com o cristianismo (incorporado pelos celtas), não tendo, portanto, uma ligação direta com o druidismo nem com a mitologia celta primitiva.

 

WUIVRE

TexWuivre.gif (3397 bytes)
Amuleto Celta en forma de serpiente que reSIMBOLOSpresenta las fuerzas positivas de la Tierra. Proporciona poder y amor, siempre que no sea tocado por agua del mar.

 

 

 

 

ESCARABAJO SAGRADO

ESCARABAJO SAGRADO
Este escarabajo con forma de corazón significaba en el Antiguo Egipto que el alma ya había sido pesado contra la "pluma de la verdad" en el juicio final. Simboliza el renacimiento a la nueva vida.

 

 

 

 

ESTRELLA DEL PODER

ESTRELLA DEL PODER
Cuarzo blanco en forma de estrella de seis puntas. Otorga a su portador el equilibrio físico y psíquico.

 

 

 

 

IK-GA-OH

IK-GA-OH
Potente amuleto que representa la mortífera flecha de "HINO". Su utilización otorga una barrera protectora que destruye todo cuanto pueda hacer daño a su portador.

 

 

 

 

OJO DE HORUS


Poderoso talismán contra cualquier maleficio. Potencia el dinero, trabajo, amistad, familia y amor. Estimula las facultades de intuición para conseguir nuestros deseos.

 

 

 

TRISKEL


Antiguo talismán céltico de protección, su poder mágico se manifiesta en equilibrio, intelecto y vitalidad. Representativo de la triada: espíritu, cuerpo y alma.

 

 

 

YIN-YANG

YIN-YANG
Armonía de los opuestos. El Yin define lo negativo, oscuro y pasivo, mientras que el Yang define la luz, lo positivo y activo.

 

 

 

KUNDALINI

KUNDALINI
Llamada también "energía de la Serpiente". Se obtiene estabilidad y armonía si esa energía se libera correctamente.

 

 

 

CRUZ CELTA

CRUZ CELTA
Representa la unión de lo masculino y femenino, del cielo y la tierra. Funciona como rueda curativa

 

 

 

ANKH

ANKH
Cruz egipcia de la vida

 

 

 

RECEPTIVIDAD

LA RECEPTIVIDAD
Poder creativo, impulso generador de la energía de la Tierra

 

 

 

BUHO

EL BUHO
Sabiduría y conocimiento; atrae la buena suerte y proporciona poder para disipar las energías negativas y para alcanzar el dominio de nuestras facultades mentales.

 

 

 

DIVINIDAD PROTECTORA

DIVINIDAD PROTECTORA
Fuerza curadora; poder y magia femeninos

 

 

 

CRISTAL DE CUARZO

CRISTAL DE CUARZO
Simboliza toda la energía de la era de acuario

 

 

 

OM

OM
Símbolo del sonido eterno; es el comienzo y el fin. Está considerado como el sonido que originó la creación.

 

 

 

HEXAGRAMA

HEXAGRAMA
Unión de lo espiritual y de lo físico, de lo femenino y lo masculino

 

 

 

SOL Y LUNA

SOL Y LUNA
Símbolo de la fertilidad.

 

 

 

DELFINES

DELFINES
Símbolo del equilibrio y sanidad emocional; de sabiduría y prudencia

 

 

 

Fuente: www.chavedotempo.hpg.ig.com.br/simbolos.htm